O que o seu cliente quer comprar? Entrevista Gi Ribeiro

Estudar o mercado, o consumidor e a forma com esses dois interagem é desafiador para qualquer profissional, mesmo os mais experientes e capacitados. Uma das kiwizetes, a Gisele Ribeiro, sócia e diretora de planejamento, está atualmente mergulhada nesse universo, não apenas na prática do trabalho diário, mas na teoria da pós-graduação em Gestão de Comunicação e Marketing da Universidade de São Paulo, a USP.

“Acho que as empresas precisam parar de comunicar aquilo que querem dizer e passar a dizer aquilo que os clientes querem comprar.” Gisele RIbeiro

Amanda: A sua pós-graduação aborda o marketing de uma forma mais ampla. Quais são as áreas em destaque no curso?

Gi: O termo marketing tem sido um pouco banalizado e mal utilizado. Às vezes, usado como sinônimo de divulgação ou publicidade. Comunicar de forma clara e efetiva é apenas uma das essencialidades do marketing. Ele é fundamental desde o planejamento do produto, análise do mercado, gestão de vendas, distribuição, estratégias de preço, etc.

Gisele_Ribeiro

Essa é a Gi! Sócia, designer e diretora de planejamento da Kiwi Propaganda.

Amanda: Como essa visão do marketing pode ajudar no trabalho específico de comunicação e publicidade

Gi: Na verdade, é uma visão aprofundada, mas de uma certa forma, também geral pelo grande raio de atuação. Quando o marketing é bem trabalhado, terá sido produzido um produto com base no que o público precisa, já posicionado e ideal a um segmento específico e bem conhecido. Tendo em vista todas estas estratégias, qual publicitário não gostaria de divulgar este produto e garantir ao cliente um bom resultado?

Amanda: Qual você acredita ser a grande tendência do marketing para esse e os próximos anos?

Gi: Falar em anos ultimamente tem sido muito arriscado. Em comunicação e publicidade, especificamente, a tendência atual se encontra na produção de conteúdo, interação e ferramentas mobile. Entretanto, acho que as marcas ainda estão muito tímidas dentre todas as possibilidades. Com esta invasão de internet, acredito que a presença das marcas no meio off-line e a criação de experiências estarão em alta. Presença em eventos e atividades sociais não sairão de moda. Mas em um meio onde a criatividade rola solta, o que vale mesmo é fazer diferente, independente da verba.

Amanda Britto :: Diretora de Atendimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>