Boas vindas Kiwi :: Club43

A Kiwi está radiante depois de ganhar a conta desse cliente in-crí-vel. Sim, nossa troca de energias foi instantânea e é claro que nós tínhamos que compartilhar isso com vocês.

Pra quem AINDA não conhece, o Club43 é um club com a segmentação voltada para o público GLS, mas, eu disse MAS, todos são COMPLETAMENTE bem-vindos nessa casa. A idealização desse lugar LACRADOR é do Zé Luiz e é com ele que a gente faz a entrevista/declaração de amor de hoje!

Vão bora fazendo? Com vocês, Zé Luiz do Club43.

Kiwi Pergunta: Qual é o perfil do Club43?

Zé Luiz Responde: O público do Club é bem variado. Embora a segmentação dele seja voltada ao público Universitario GLS, o que mais une nossos clientes é a vontade de se soltar na noite. Temos uma aceitação muito grande entre o público hétero e casais também. O que todos buscam no Clube encontram, é um lugar onde você pode se jogar! Você encontra um ambiente propicio a poder dançar, fazer pole dance, jogar video-game e o que mais quiser. Sem aquela parte chata de muitas baladas de manter a pose. O que une o pessoal do Club é querer se acabar na noite. É esse o nosso público, a galera que realmente quer se divertir. Então lá você vai encontrar, o leleske dando em cima da gatinha no bar, a Drag Queen fazendo show no palco, o estudante Nerd no video-game, o rockeiro pintando as paredes, as Divas do Pole Dance. As pessoas que realmente só querem se divertir e sabem respeitar uns aos outros.

Kiwi Pergunta: De onde surgiu a ideia desse conceito que torna o Club43 um lugar em que as pessoas se sentem na casa de amigos?

Zé Luiz Responde: A versão resumida da história é: Eu nunca gostei de baladas. Quer dizer, quando era menor até curtia. Mas acabei achando tudo muito formal, muito mais do mesmo. Muito se fala sobre tocar estilos diferentes de música nas baladas, mas isso nunca foi algo que fosse minha prioridade quando eu procurava uma. O que eu queria era um lugar onde eu pudesse ser eu mesmo, me jogar, dançar, ficar suado. Sem aquele monte de gente te olhando de cima a baixo ou sem conversar com você por que a sua bermuda não tem nada haver com a festa ou porque você preferiu ir de chinelo pois hoje estava quente demais. E que tocasse música para eu me acabar, digo, curto muitas músicas em segmentos diferentes, sou amante de música clássica, fiz anos de canto lírico, tenho alguns amigos Sul-Africanos que cantam e que fazem trabalhos fantásticos no ramo de música alternativa. Mas quando eu quero me acabar eu quero é “ralar o bumbum no chão” (kkkk desculpa a expressão). E também queria um lugar onde eu não precisasse ficar o tempo todo na pista de dança. Vamos ser sinceros, tem hora que a balada cansa eu você quer conversar com seus amigos, paquerar o Crush ou se jogar no video-game! E onde você geralmente encontra tudo isso? No esquenta na casa dos seus amigos. Foi a partir dessas insatisfações minhas que eu percebi que muita gente também pensava assim. E que precisavam de um lugar para serem elas mesmas. Então resolvi abrir uma boate que fosse a cara da festa na casa do seus amigos. Logico com o tempo tudo foi se aperfeiçoando e eu tenho a sorte de desde o primeiro dia estar trabalhando com uma equipe de profissionais incríveis! E que me ajudam muito, indo desde nossa primeira bartender que é nossa chefe de bar até hoje que além de fazer os melhores drinks cria festas incríveis. Nossa gerente que faz a casa toda funcionar durante todos os dias da semana e está sempre lá quando alguém precisa, meu namorado que tem várias ideias de decoração e que por muito tempo foi o responsável de criar essa cara descontraída dos eventos da casa que vão de encontra a proposta de ser essa festa informal. Enfim o Club não teria esse ar maravilhoso se não fossem todas as pessoas que estão dispostas a atender nossos clientes da melhor forma possível, fazer muito mais para que todos se sintam em casa. Do pessoal da limpeza, portaria, segurança, caixa. Todos são peças fundamentais e sempre estão envolvidos no processo de criar essa imagem a casa.

Kiwi Pergunta: Porque você acredita na comunicação para o seu negócio?

Zé Luiz Responde: Bom, minha formação é em Publicidade. Logo, desde o início sempre tive essa noção de que uma boa comunicação é a coluna que mantem um negócio funcionando. De nada adianta você oferecer os melhores serviços se as pessoas não sabem disso. Ainda mais se tratando de eventos, toda nossa comunicação deve ser focada em transmitir essa ideia do que é o Club em cada peça criada e em cada campanha que fazemos. Por isso acredito que de todas as 12 agencias que estudei em Juiz de Fora para poder definir quem ficaria com a conta da boate a Kiwi foi com certeza a melhor opção para nosso momento. Todas as outras apresentaram ótimos argumentos e propostas maravilhosas, mas só o pessoal da Kiwi conseguiu entender logo na primeira conversa, o que é o Club 43.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>